• Cabeçalho Inicio
  • Cabeçalho Inicio
  • Cabeçalho Inicio
  • Cabeçalho Inicio

tomada-posse-2013A tomada de posse dos novos órgãos autárquicos eleitos no sufrágio de 29 de setembro de 2013 teve lugar no passado dia 12 de outubro, no auditório da Assembleia Municipal de Mondim de Basto.

Assumiram funções Humberto da Costa Cerqueira, Presidente da Câmara Municipal, Teresa de Jesus Tuna Rabiço da Costa e Paulo Jorge Mota da Silva, como vereadores. Assumiram ainda funções como vereadores sem pelouro, Lúcio Manuel Alves Machado e Aurora Maria Pereira Peixoto e Pereira. Humberto Cerqueira tem 47 anos, é professor do ensino secundário e foi reeleito para o segundo mandato.

No mesmo dia tomaram ainda posse os membros da Assembleia Municipal que juntamente com os seis Presidentes eleitos nas Juntas de Freguesia constituem este órgão. Valentim Carvalho Macedo foi eleito Presidente da Assembleia Municipal de Mondim de Basto, tem 60 anos, é professor e vai substituir a Professora Laura Ínsua Pereira, que presidiu à Assembleia Municipal entre 2009 e 2013.

No seu discurso de tomada de posse o Presidente da Câmara, Humberto Cerqueira, referiu que este mandato será marcado pela defesa do Concelho, nomeadamente “pela luta contra o encerramento de serviços públicos no concelho. Um concelho esvaziado de serviços públicos fica mais pobre em termos sociais e económicos.”

Adiantou ainda que a questão das acessibilidades ao concelho vai continuar a merecer a atenção do executivo “Há mais de 120 anos que o estado não investe numa ligação digna ao concelho. Estamos a menos de três quilómetros da Variante do Tâmega, eixo rodoviário estruturante da região, que está ainda incompleto pois deveria ligar Amarante ao Arco de Baúlhe, com uma ligação a Mondim.” Sobre esta questão pediu a todos apoio “para exigir do governo, este ou outro que venha a resultar de novas eleições, a construção desta importante ligação.”

O mandato anterior ficou marcado pelo esforço de redução da dívida da Câmara. E porque a situação financeira melhorou, Humberto Cerqueira deixou a garantia de que “há condições para descer gradualmente o IMI até ao valor mínimo, durante o mandato.”

O impasse em que se encontra a construção da Barragem de Fridão será outra das lutas assumidas pelo autarca mondinense. “Temos mantido, nos últimos meses, contactos institucionais com o governo e a EDP para esclarecer este impasse. Iremos continuar a fazê-lo, mas podemos ter de recorrer aos tribunais, para defender os interesses do concelho”, acrescentou.

O investimento na Educação, na Cultura, no Turismo e no Desporto foi outra garantia deixada por Humberto Cerqueira. “Queremos um concelho que promova o convívio entre as gerações, que aproveite os recursos, o talento e a capacidade dos que querem construir e acrescentar.”


DEST SERVICOS ONLINE

DEST SIG

DEST PDM 2 REVISAO

DEST ORCAMENTO PARTICIPATIVO

 

Agenda

DEST MAIS EVENTOS

Destaques

DEST CORONAVIRUS

DEST ASE LIVROS FICHAS

DEST LIVRO DOMINGOS OLIVEIRA

separador

DEST ALTERACAO SIMPLIFICADA PDM

separador

DEST PLANO DEFESA FLORESTA INCENDIOS

separador

DEST PROGRAMA VOLTAR

separador

DEST VESPA ASIATICA

separador

DEST PERIODO CRITICO

DEST CAMPANHA CONTRA INCENDIOS

separador

DEST APOIO ARRENDAMENTO URBANO

DEST CDM MEXA SE

DEST PART REDUCAO TARIFARIA

DEST HORARIOS TRANSDEV

 separador

DEST DIA DEFESA NACIONAL

separador

DEST CAMPANHA SENSIBILIZACAO

 separador

dest fatura eletronica agua

separador

DEST ARU
 separador

DEST PROJETOS COFINANCIADOS

separador

DEST ATAS REUNIOES CAMARA ASSEMBLEIA

DEST EDITAIS CONVOCATORIAS CAMARA ASSEMBLEIA

DEST ECONONIA EMPREGO

DEST 120ANOS RESTAURACAO CONCELHO